Conheça um pouco da história dos vestidos de noiva

Conheça um pouco da história dos vestidos de noiva

Conheça um pouco da história dos vestidos de noiva

Com rendas, véus, tecido branco e com muitos outros detalhes – os vestidos de noiva nem sempre foram como conhecemos.

Ainda nos registros bíblicos é possível encontrar trechos em que há destaque para vestimentas especiais para casamento, mas nem sempre as vestes eram  brancas.

Na Idade Média, entre 476 D.C. e 1453 D.C. por exemplo, os vestidos longos para casamento tinham cores variadas, como o vermelho, muito comum na época. A intenção na verdade é que o vestido de noiva fosse grandioso e luxuoso para mostrar o poder aquisitivo da família.

Confira mais sobre como começou a tradição de casar de branco.

Quando começou a tradição do branco para os vestidos de casamento?

Na verdade, não existe um consenso sobre quando a cor branca do vestido de noiva perfeito tornou-se predominante nas cerimônias.

Alguns especialistas acreditam que no século XVI,  Mary Stuart, rainha da Escócia foi uma das primeiras a utilizar a cor. Por outro lado, historiadores discordam e atribuem o pioneirismo à Maria de Médice da França, que se casou com Henrique IV, herdeiro da coroa francesa, no século XVII.

Apesar disso, é inegável que vestidos para casamento brancos só se popularizaram com a rainha Vitória da Inglaterra, no século XIX, quando a mesma desfilou com um exuberante vestido de noiva com renda.

Neste ponto, é importante ressaltar as razões pelas quais muitas mulheres se inspiraram nos vestidos brancos por causa da Rainha Vitória da Inglaterra. O fato é que até naquele tempo os casamentos arranjados eram muito comuns, mas o diferencial da rainha é que seu matrimônio com o príncipe Alberto teria sido motivado por amor e não como um simples casamento arranjado.

Essa história fez com que muitas noivas se inspirassem na rainha e continuassem a usar o branco no vestido para casamento longo.

Dentre as teorias, conta-se ainda que Vitória teria escolhido a cor para simbolizar a pureza e castidade.

Vestidos de noiva do século XXI 

No século XXI, os modelos de vestido de noiva continuam com tecidos finos e detalhes de tirar o fôlego.

Ao invés de demonstrarem patrimônio, o vestido de noiva rodado e vestido de noiva estilo princesa fazem cada mulher ficar linda para seu companheiro e sobretudo para si mesmo.

Nos anos 2000, os vestidos princesa com grande volume na parte das saias, resgataram os modelos pomposos de antigamente e acrescentaram um toque de modernidade com novos recortes, como aconteceu com o vestido de noiva tomara que caia, por exemplo.

Atualmente, eles reúnem uma série de características para todo o tipo de mulher.

As mais modernas apostam em vestidos de noiva sereia ou com mistura de texturas. Já as noivas mais clássicas e românticas não esquecem das jóias com pérolas, do véu e do clássico vestido de renda.

Independente de tradição, o vestido de noiva ideal é aquele em que você se sente bem.  Nada de passar o seu grande dia com desconfortos ou sentindo-se mal.

Na hora de escolher, procure por uma loja de vestido de noiva de confiança e que coloque à disposição profissionais competentes para ajudar as peças de acordo com suas preferências. Boa sorte noivinha!

Conheça um pouco da história dos vestidos de noiva
5 (100%) 1 vote

Bella Angêla © 2018. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Webfoco